Equipe do SPOT/HC capacita profissionais da região

(22/11/2012) O Serviço de Procura de Órgãos e Tecidos (SPOT) do HC realizou nos dias 19 de outubro e 05 de novembro, na Casa do Professor Visitante da Funcamp, o II Encontro Regional das Comissões Intra-Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos (ERCIHDOTT). O objetivo da reunião foi capacitar profissionais para garantir a comunicação adequada de morte encefálica aos familiares de forma clara e humanizada, esclarecendo à família a possibilidade da doação de órgãos e tecidos, além de proporcionar o acolhimento familiar no momento de perda de um ente querido. Atualmente mais de 45% potenciais doadores são perdidos por falta de uma comunicação apropriada.
 
O evento contou com a participação de 100 profissionais entre médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais que atuam diretamente nas Comissões Intra-Hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos, nas Unidades de Terapia Intensiva e nos serviços de Urgência de hospitais públicos e privados da região metropolitana e de outras regiões do Estado, entre elas Guaratinguetá, São José dos Campos, São João da Boa Vista, Araras, Rio Claro, Itatiba, Jundiaí, Sumaré, Campinas.
 

Segundo o coordenador do SPOT HC-Unicamp, Luiz Antonio da Costa Sardinha, atualmente, uma das principais causas da não efetivação da doação de órgãos e tecidos é a negativa familiar. “A negativa familiar está extremamente relacionada ao acolhimento familiar e a maneira como as notícias de óbito são transmitidas aos familiares”, informa Sardinha. Ele explica que uma boa abordagem multidisciplinar representa 70 por cento de chance de doação dos órgãos.
 
O Hospital de Clínicas da Unicamp atingiu no ano passado, a marca de 5000 transplantes de órgãos e tecidos realizados desde 1984. Em 2011, o estado registrou uma média de 20,5 doadores de órgãos por milhão de habitantes. Esse número se equipara a índices de países europeus como a França (23,8) e Itália (21,6). O SPOT HC-Unicamp atua a detecção e validação do potencial doador de órgãos e tecidos e tem uma área territorial de atuação de 124 cidades do interior do estado de São Paulo.
 
     
  
 
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

 

Share/Save