HC conquista premiação em três categorias de transplantes

(27/09/2012) No Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, celebrado 27 de setembro, o Hospital de Clínicas da Unicamp comemora pelo quarto ano consecutivo, conquistas no Prêmio Destaque em Transplantes da Secretaria de Estado da Saúde. Entre os transplantadores de fígado, o HC ficou com o destaque no interior, com 27 transplantes efetivados. O hospital conquistou mais uma vez, o destaque no interior com nove transplantes de coração feitos no período e foi o vencedor em número absoluto de transplantes de rins no interior, com 59 registros.

As instituições foram premiadas pelos resultados obtidos entre os meses de janeiro e agosto de 2012. Desde a criação do Prêmio, o HC conquistou destaques em todos os anos. “O prêmio reflete a importância do HC para o Estado e das equipes multidisciplinares envolvidas na captação e transplantes de órgãos que já superaram a marca de cinco mil transplantes”, destaca Manoel Barros Bértolo, superintendente do HC. O HC da Unicamp foi representado no evento pelas equipes transplantadoras dos setores de transplante cardíaco, de rins e hepático da Unicamp.

No ano passado, o HC da Unicamp foi o hospital no estado de São Paulo que mais realizou transplantes cardíacos em adultos, totalizando 13 procedimentos. O trabalho realizado pelos dez Serviços de Procura de Órgãos e Tecidos (SPOT), um deles localizado no HC e os investimentos nas campanhas de conscientização já apresentam resultados na taxa de doares. Em 2011, o estado registrou uma média de 20,5 doadores de órgãos por milhão de habitantes. Esse número se equipara a índices de países europeus como a França (23,8) e Itália (21,6).

Até 19 de setembro, foram realizados 5.662 transplantes, 60 de coração, 44 de pulmão, 380 de fígado, 1.026 de rim, 60 de pâncreas e 4.092 de córneas. Atualmente, o rim é o órgão mais esperado, com 19 mil pessoas na fila de espera. O registro de pacientes que esperam por uma doação é nacional e a rede de saúde conta com um suporte logístico que permite o envio de um órgão para outro estado.

Campanha

Durante o mês de setembro, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo em parceria com a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), promove ações na capital e no interior, para conscientizar a população sobre a importância da doação de órgãos e tecidos. A doação só é feita com a autorização da família, por isso, a campanha ressalta a necessidade de cada indivíduo comunicar seus familiares sobre a vontade de ser doador.

 

Caius Lucilius  com Assessoria de Imprensa da SES 
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp
Share/Save