UTIs do HC reforçam prevenção de infecção hospitalar

(26/09/2012) Começou nessa segunda-feira (24) a Semana de Prevenção de Infecção Hospitalar nas UTIs do Hospital de Clínicas da Unicamp. Entre os dias 24 e 28 de setembro, os profissionais que atuam nas unidades receberão treinamento para reforçar as políticas de prevenção a infecções. As palestras têm duração de aproximadamente uma hora e serão realizadas nas salas de aula das unidades. O tema é "Ações de Segurança em UTI - o que você pode fazer para reduzir o risco de infecção".

A infecção hospitalar pode ocorrer após a internação do paciente na unidade de saúde, através de procedimentos invasivos ou contato com bactérias. Os microorganismos que causam a infecção em outras situações apresentam baixo risco às pessoas. Mas por tratar-se de um ambiente no qual as pessoas expostas a possíveis bactérias estão debilitadas, o cuidado nos hospitais e principalmente nas UTIs é intensificado.

A melhor maneira de evitar infecções e a proliferação desses microorganismos é com a correta higienização das mãos antes, durante e após o contato com o paciente e também na adoção de outras práticas que previnem a transmissão de doenças. Segundo os responsáveis pelas palestras, os enfermeiros Vanessa Abreu da Silva e Marcos Aurélio Boes, a prevenção de infecção é dividida em cinco momentos: lavagem das mãos, ações para precaução contra bactérias resistentes, prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica, infecção da corrente sanguínea e do trato urinário.

Esse é o primeiro ano em que as ações educativas serão concentradas na Semana de Prevenção e o objetivo é os profissionais dos quatro turnos que atuam nas UTIs participarão. Fisioterapeutas, enfermeiros, médicos intensivistas e residentes que atuam nas UTIs já recebem o direcionamento sobre as práticas de rotina. “As pessoas que visitam os pacientes também são acolhidas pela equipe de enfermagem e informadas sobre os cuidados necessários”, conta Vanessa. Os cartazes dispostos na entrada das áreas reforçam a estrutura de cuidado.

“Por se tratar de um hospital escola existe uma grande rotatividade de profissionais e as medidas de prevenção devem ser continuas”, reforça a enfermeira. As atividades realizadas na Semana de Prevenção são uma realização conjunta da equipe multiprofissional da UTI-Adultos em parceria com o CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar). Atualmente, o HC tem 55 leitos nas Unidades de Terapia Intensiva de adultos e dez leitos na UTI Pediátrica.

 

Assessoria de Imprensa do HC Unicamp
Share/Save