Reformas modernizam Centro Cirúrgico Ambulatorial e Medicina Nuclear

(18/04/2011)  O reitor da Unicamp, Fernando Costa, esteve recentemente no Hospital de Clínicas para conhecer as obras de reforma do Centro Cirúrgico Ambulatorial (CCA) e da Medicina Nuclear, que totalizam investimentos de R$ 1.435.089,00, assegurados pela Universidade. A visita foi acompanhada pelo superintendente do HC, Manoel Bértolo, pela coordenadora de Assistência, Terezinha Tressoldi e por Luis Augusto Passeri, da coordenadoria de Administração. As reformas no Centro Cirúrgico Ambulatorial são as primeiras desde a inauguração da área, em 1986.

Ao todo, foram 17 dias de obras para melhorias, com destaque para a substituição de todo o sistema de climatização nos 700 metros quadrados da área, incluindo a sala de espera dos pacientes. A unidade cirúrgica também incorporou um sistema de filtragem absoluta em todas as sete salas cirúrgicas e teve a iluminação remodelada. Completam as melhorias toda a pintura da área e a reforma de alguns mobiliários. O CCA realiza em média 440 cirurgias/mês.

A área de Medicina Nuclear do HC foi totalmente modernizada nos dois últimos anos e acaba de receber o último equipamento: um novo SPECT (Single Photon Emission Computed Tomography). A máquina da Siemens foi importada e custou R$ 1.181.705,00, financiados pela Secretaria Estadual de Saúde em parceria com o HC. O equipamento antigo não possuía a tomografia computadoriza incorporada. O novo SPECT gera imagens com maior detalhamento das lesões em imagens 3D e permite aos médicos diagnósticos mais rápidos e precisos. A entrega oficial será anunciada em breve.

Para o reitor Fernando Costa, o Hospital das Clínicas consolidou ao longo dos anos sua condição de centro de referência hospitalar e de saúde na região de Campinas e no interior do Estado. "Os progressos alcançados pelos serviços prestados são evidentes", disse Fernando Costa, acrescentando que "a manutenção e modernização da infraestrutura hospitalar, bem como a atualização dos equipamentos, são medidas necessárias".

De acordo com Manoel Bértolo as necessidades do HC estão sendo constantemente discutidas com a reitoria da Unicamp. "Depois de duas décadas e meia de atividades as reformas no hospital são necessárias e a modernização do parque tecnológico inevitável. As ações de melhorias são pontuais e estratégicas para o bem estar de funcionários e, principalmente para os pacientes", ressalta Bértolo.

Integraram a visita pelo hospital (foto principal) as enfermeiras Christiane Russo (CC), Margareth Taglieta e Fabiana Fernandes B. Freitas (CCA), além do engenheiro Sergio Lacerda (DEM). O reitor também circulou por algumas enfermarias reformadas e conheceu as obras para instalação de uma nova ressonância magnética que o hospital está adquirindo.

 

     

 

Caius Lucilius

Assessoria de Imprensa do HC Unicamp
Share/Save