1ª teleconferência é realizada no HC

(18/05/2009) O Hospital de Clinicas da Unicamp com o apoio da Escola de Enfermagem da USP (Universidade de São Paulo) realizou na última sexta-feira (29/05), sua primeira teleconferência dentro de um amplo programa para telemedicina (RUTE). O III Seminário sobre queimaduras “Cuidado avançado de pessoas com queimadura” foi transmitido diretamente de São Paulo para o anfiteatro do HC da Unicamp, dando início a uma série de testes nos equipamentos adquiridos pelo hospital para esta modalidade tecnológica, que se intensificará com o projeto da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), do qual o HC faz parte.

A Rede Universitária de Telemedicina é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pela Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue). É coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e visa a apoiar o aprimoramento de projetos em telemedicina já existentes e incentivar o surgimento de futuros trabalhos interinstitucionais. O HC da Unicamp já está testando os equipamentos e serviços para ser homologado nos próximos meses.

Para a enfermeira da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do HC e coordenadora do Curso de Especialização em Estomaterapia da FCM, Sonia Regina Pérez Evangelista Dantas, entre muitas vantagens dessa tecnologia está a do treinamento à distância permitindo aos profissionais da saúde se atualizarem no próprio local de trabalho, sem necessidade de se deslocar para o local do evento.

Segundo Dantas os cursos de especialização de enfermagem em estomaterapia da USP e Unicamp são feitos em parceria desde 2006, e eram realizados na CCUEC (Centro de Comunicação da Universidade Estadual de Campinas). “Era uma dificuldade a mais para a participação dos funcionários do HC e outros hospitais da cidade”, diz Sonia Dantas.

A Rede Universitária de Telemedicina vai dispor da infra-estrutura de alta capacidade do backbone nacional da RNP, a rede Ipê, e das Redes Comunitárias Metropolitanas de Educação e Pesquisa (Redecomep). Esta iniciativa complementa o esforço coordenado pela própria de prover uma infra-estrutura fim-a-fim (nacional, metropolitana e institucional) adequada ao uso de aplicações avançadas de rede. Através do link da RNP com a Rede Clara (Cooperação Latino-Americana de Redes Avançadas), as instituições participantes contarão com a colaboração de redes-parceiras na Europa e nos Estados Unidos.

 

Caius Lucilius e Mariana N. Marciano
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save