Comemoração marca os 30 anos dos Ambulatórios do HC da Unicamp

(15/12/2009) A exibição de um vídeo com depoimento de ex-coordenadores e funcionários marcou nesta segunda-feira (14) a comemoração dos 30 anos de atividades dos ambulatórios do Hospital de Clinicas (HC) da Unicamp. O reitor Fernando Ferreira Costa e o superintendente do HC, Luiz Carlos Zeferino, descerraram uma placa comemorativa na entrada do espaço, que também ganhou um novo jardim externo, além de novas cadeiras para os consultórios e sala de espera. O evento aconteceu ao som de peças executadas pela Unibanda e reuniu autoridades da Unicamp, funcionários e pacientes do HC.

A comemoração prossegue nesta terça-feira (15) com apresentação do violinista Dalton Nunes, da Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), às 10h00. O músico irá percorrer os ambulatórios e, às 12h00, canta o coral Flor da Terceira Idade na recepção do terceiro andar do HC. No dia 16,a contadora de histórias da Associação Griots, Elaine Villalba de Moraes, fará uma apresentação nos Ambulatórios de Pediatria e de Quimioterapia. No encerramento das atividades, na quinta-feira (17), haverá canto do Coral FCM também às 12h00 na recepção do terceiro andar do hospital. (Saiba mais sobre os 30 anos dos ambulatórios do HC).

Escolhido pelo pró-reitor de Desenvolvimento Universitário, Paulo Eduardo Moreira Rodrigues da Silva, para receber homenagem em nome de todos que trabalharam para o desenvolvimento dos Ambulatórios, o professor e cirurgião Nelson Adami Andreollo falou sobre a importância do bom atendimento da unidade. “O atendimento é pessoal e carinhoso a todos os pacientes que nos são referenciados”, destacou.  O cirurgião fez parte do grupo que iniciou as atividades dos Ambulatórios em 1979.

Durante a cerimônia, Zeferino lembrou que a celebração ocorre no momento em que os ambulatórios iniciam também o atendimento apacientes encaminhados pelos Ambulatórios Médicos Especializados (AMES). Já o reitor frisou a importância do Hospital de Clínicas e dos Ambulatórios para a Unicamp. “O hospital e os demais órgãos de saúde são importantes não só para formar pessoas, masfundamentais no avanço da ciência em nosso país”, enfatizou.

Participaram da cerimônia as diretoras da Divisão de Ambulatórios e Procedimentos Especializados (Dampe), Sonia Letícia Silva Lorena, Maria Aparecida Pontes Jorge e Miriam Rizziolli Santos; o diretor-associado da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, Gil Guerra Júnior; e o coordenador de assistência do HC, Manoel Barros Bértolo. O evento contou ainda com a presença dos médicos pioneiros dos Ambulatórios, o endócrino Walter José Minicucci e o professor aposentado da FCM, Ronan José Vieira.

 

Talita Matias (texto), Antonio Scarpinetti (fotos) e Everaldo Silva (edição das imagens)
ASCOM

Share/Save